Dimy e Denis – Rasgando o travesseiro

Adoro quando chega, me puxa, me beija
Me arrasta, me assanha e me ganha

Me entrego sim
Faz o que bem quiser de mim
Faz o que quiser de mim

Você, perfeita criatura
Que abalou minha estrutura
Tô doente e não tem cura

Não tem cura
Já não consigo mais viver sem esse mel
Doce mel tem seus beijos
Já não tem cura essa vontade, esse desejo

Um beijo arrepia o corpo inteiro
E a gente faz amor rasgando o travesseiro
Te pego de jeito
E a gente pega fogo até debaixo do chuveiro

  • Compartilhe:

Veja Mais

Carlos e Jader – Sem-vergonhice mesmo •

Marília Mendonça – Casa da mãe Joana (Part. Henrique e Juliano) •

Tierry – Vende-se esta casa •

Renata Tardony – Tsunami na banheira (Part. Os Cretinos) •

Thaeme e Thiago – Não desgruda •