João Carreiro – Não toco não

Pediram que eu cantasse um sucessinho da hora
Essas “modinha” atual que na FM rola
Respondi no pé da letra: “ceis” tão me mandando embora

Será que “ceis” não tão vendo que meu negócio é viola

Não toco não, não toco não
Essas moda de hoje em dia não tem nada de sertão
Não toco não, não toco não
Eu só toco se pedir um Ronaldo ou um Tião

Não é dor de cotovelo, inveja e nem despeito
Só defendo a viola e tenho esse direito
Só canto moda sadia, não vendo o meu respeito

A minha maior riqueza é a viola no peito

Não toco não, não toco não
Essas moda de hoje em dia não tem nada de sertão
Não toco não, não toco não
Eu só toco se pedir um Ronaldo ou um Tião

Não toco não, não toco não
Essas moda de hoje em dia não tem nada de sertão
Não toco não, não toco não
Eu só toco se pedir um Ronaldo ou um Tião

Mas a vida é uma escola é professora
Me ensina que a paixão é duradoura
Mas sempre sara

É hoje que a terra treme
É hoje que a pedra rola
Este é o som da minha terra
Cheguei no som da viola

  • Compartilhe:

Veja Mais

Allisson Rodrigues – Don Juan (Part. Bianca Rinaldi) •

Brenno e Matheus – Endereço da zona •

Matheus e Kauan – Ao vivo e a cores (Part. Anitta) •

Juliano Cezar – Zé Cuervo •

Victor e Diogo – Moletom vermelho •